quarta-feira, maio 10, 2017

Academia da Saúde: ambiente que proporciona qualidade de vida aos lajespintadenses




















Atualmente, a Academia da Saúde, está oferecendo práticas de exercício físico todas as segundas, terças e sábados. Basicamente, são ministradas aulas de alongamentos, caminhada e/ou corrida. As aulas são orientadas pelo Profissional de Educação Física Altieres Elias em quatro horários: 5h30 – 6h30 / 17h – 18h / 18h – 19h / 19h – 20h

Antes do inicio das aulas, os alunos passam por uma triagem de saúde pré-participação e estratificação dos riscos para reconhecimento de pessoas com doença(s) clinicamente significativa(s) que justifique uma avaliação médica antes de iniciar o programa com exercícios. Após a triagem, caso o aluno seja aparentemente saudável ou seu estado atual de saúde não justifique uma avaliação médica inicial, é feito um agendamento para algum dos seguintes grupos:
  1. Hipertensos;
  2. Diabéticos;
  3. Sobrepeso e Obesidade e;
  4. Prevenção




















Antes do exercício, a pressão arterial dos hipertensos é aferida para liberar com segurança o aluno para a prática de exercício. Protocolo descrito nas VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão. Após a caminhada, é realizada mais uma medida para verificar a diminuição da pressão arterial comparado com valores antes do exercício (Esse efeito benéfico é denominado como “hipotensão pós-exercício”). Caso o participante seja diabético, é verificada a glicemia entes e após o exercício.










































Um dos principais objetivos é aumentar o nível de atividade física da população, pois a inatividade física é considerada um fator de risco que está causando um crescente aumento de doenças crônicas no mundo. Nesse contexto, o exercício físico é usado como terapia para prevenção e tratamento de 26 doenças crônicas, entre elas, hipertensão, obesidade e diabetes”, explica o Prof. Altieres Elias – Profissional de Educação Física na Saúde.



















A academia possui em suas paredes duas Escalas de Percepção Subjetiva de Esforço (PSE, Borg - 1998) para impor a intensidade durante exercício.

A academia possui uma escala de sentimento (Feeling Scale, Hardy & Rejeski – 1989) com o objetivo de saber sobre o prazer que o aluno está sentindo durante o exercício. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário