segunda-feira, fevereiro 20, 2017

Previsão é de Chuvas no RN durante o período do carnaval





















O período chuvoso no Rio Grande do Norte deve permanecer nos próximos dias. Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn), o tempo só deverá abrir após o carnaval, no dia 1º de março.

De acordo com meteorologista Gilmar Bistrot, a Zona de Convergência Intertropical continuará influenciando o tempo, causando instabilidades em todo o Estado. As condições de chuvas deverão se manter como as já registradas no interior, com possibilidade de trovoadas. A maior concentração, no entanto, se dará no litoral.

“A previsão é que tenhamos até o dia 28 condições de chuvas em todo o Estado.  Como tem acontecido nos últimos dias, irá chover no interior. A  maior concentração ficará na faixa litorânea Leste, onde fica Natal”, explicou. Tags: chuvas!


3 comentários:

  1. Ninguém tem mais tranquilidade, paz ou sossego. Nem aqui no Leste, no Norte, no Sul ou no Oeste.
    Antigamente, a culpa pelo terror praticado pelos sertões nordestinos era atribuída a Sinhô Pereira, Lampião, Maria Bonita, Antônio Silvino, Sabino Gomes, Corisco, Luiz Pedro, Zé Baiano, Jararaca, Chico Pereira, Zé Sereno, Bem-te-vi, Massilon, Jesuíno Brilhante, Antônio Ferreira, Ezequiel Ferreira, Vinte e Dois, Juriti, Luís Padre, Quinta-Feira e muitos e outros cangaceiros. Posteriormente, a culpa seria de Valdetário Carneiro. E agora?

    ResponderExcluir
  2. BANDIDOS.
    Encantadores e assustadores, os bandidos são fonte para um forte e contraditório imaginário sobre o poder, a violência e a justiça popular. Os fora da lei são a representação de uma recusa individual às forças sociais e à autoridade, mas ainda assim, muitas vezes, encontram na sociedade reconhecimento e proteção.
    O banditismo é considerado uma das formas mais primitivas de protesto social organizado. Mas de que modo o elemento social do banditismo, que defende os fracos contra os fortes, os pobres contra os ricos, os que buscam justiça contra o governo dos injustos, se enquadra na história política do banditismo, que faz dos bandidos homens poderosos atraídos para o universo do poder.

    ResponderExcluir
  3. Pois é, gente boa!
    Antigamente político virava bandido, mas hoje em dia bandido vira político.
    E a coisa a cada dia fica mais feia.

    ResponderExcluir