sábado, agosto 05, 2017

Moral: Temer defende parlamentarismo para 2018

O presidente Michel Temer sugeriu que o Brasil adote um modelo parlamentarista de governo já para as próximas eleições, em 2018, em uma entrevista concedida à Rádio Bandnews. Ao responder a um questionamento sobre mudanças eleitorais e reforma política, o presidente considerou que essa é uma hipótese que não seria “despropositada”.

Eu acho que nós poderíamos pensar, uma mera hipótese, num parlamentarismo para 2018, não é? Eu acho que não seria despropositado. Pelo menos eu não veria como um despropósito”, afirmou.

Na entrevista, concedida ontem (3), o presidente reforçou que vai levar adiante uma proposta de reforma político-eleitoral, elaborada em comum acordo com o Congresso Nacional e o Tribunal Superior Eleitoral, com a intenção de que ela seja válida para as próximas eleições. Do Blog do Primo! 



2 comentários:

  1. Será que esse sistema de governo (parlamentarismo) aceita na calada da noite a ocultação de mala cheia de dinheiro (R$ 500.000,00) de origem duvidosa?

    ResponderExcluir
  2. Aceita. Tudo depende da manobra, do jogo de interesse pessoal, da propina, da mala, da falta de caráter e de vergonha na cara. Gasto de bilhões de reais na compra e venda de votos para evitar que alguém responda na justiça pela prática de seus crimes contra a sociedade... Pois bem. Os menores estão na cadeia, alguns, amargando o silêncio, mas o chefe do quadrilhão está solto, palitando os dentes, gastando o dinheiro da merenda escolar, e assaltando o bolso do trabalhador brasileiro, com aumentos exorbitantes de impostos sobre os combustíveis e seus derivados.
    Para mudar o foco da desgraça em que se encontra o país, vem o boneco mamulengo com proposta de parlamentarismo. É bom que se repita: só para mudar o foco.

    ResponderExcluir