quarta-feira, maio 17, 2017

Ataque de hackers atinge 200 mil vítimas em 150 países




















Investigadores e especialistas em informática tentam seguir o rastro dos responsáveis pelo ciberataque mundial que atingiu mais de 200 mil computadores em ao menos 150 países, segundo a Europol. A agência de polícia europeia teme que os hackers voltem a agir nos próximos dias.

"O último balanço chega a mais de 200 mil vítimas, principalmente empresas, em ao menos 150 países. Realizamos operações contra 200 ciberataques por ano, mas nunca havíamos visto algo assim", declarou o diretor do serviço europeu de polícia Europol, Rob Wainwright, à rede britânica ITV.

O vírus bloqueia os documentos dos usuários e os hackers exigem que suas vítimas paguem uma soma de dinheiro na moeda eletrônica bitcoin para permitir que acessem novamente seus arquivos.

No Rio Grande do Norte, a Cosern, Governo do Estado, Tribunal de Justiça do RN e Ministério Público do RN chegaram a suspender seus sistemas preventivamente. Do RFI!


Nenhum comentário:

Postar um comentário