sábado, abril 01, 2017

Temer sanciona Lei da Terceirização




















O presidente Michel Temer sancionou nesta sexta-feira, 31, a lei que regulamenta a terceirização, aprovada pela Câmara dos Deputados na semana passada.

A lei foi sancionada com três vetos.

O principal veto é o que permitia que o prazo do contrato do trabalhador temporário poderia ser alterado mediante acordo ou convenção coletiva. Com o veto, os contratos temporários terão 180 dias e poderão ser prorrogados por até 90 dias. Ou seja, a duração máxima dos contratos será de 270 dias. Tags: Temer!






2 comentários:

  1. OTACÍLIO BATISTA1 de abril de 2017 13:23

    A aprovação do PROJETO DE LEI DA TERCEIRIZAÇÃO, sancionado pelo ‘’presidente’’ Michel, na calada da noite de ontem (31), EM HOMENAGEM AOS 53 ANOS DA IMPLANTAÇÃO DA DITADURA MILITAR NO BRASIL, EM 31/03/1964, é o decreto do fim do funcionalismo público brasileiro.
    Em breve, virá o MONSTRENGO DA PREVIDÊNCIA que acarretará o fim da aposentaria do trabalhador dos setores público e privado.

    ResponderExcluir
  2. DJALMA MARANHÃO/13º SALÁRIO.
    O jornal O Poti, edição de domingo, 22/12/1963, trazia a seguinte informação:
    ‘’O prefeito Djalma Maranhão fez pessoalmente a entrega ontem [Sábado, 21/12/1963] pela manhã, do primeiro cheque expedido como pagamento do 13º mês de salário, ao aposentado Sr. Mário Lira. Todos os funcionários do município receberam o 13°. O prefeito havia autorizado a Secretaria de Finanças o pagamento antes do Natal.’’
    Djalma foi o maior prefeito de Natal de todos os tempos. Mas morreu no ostracismo, pobre, esquecido, exilado no Uruguai, movido pela saudade do povo e da terra que tanto amava.

    ResponderExcluir