terça-feira, abril 11, 2017

Médicos de abraços cruzados

Em Natal, 210 médicos que prestam serviço ao Governo Estadual, por intermédio de uma Cooperativa Médica, cruzaram os braços e paralisaram o atendimento.


Estão há quatro meses sem receber salários e até mesmo o Samu o atendimento de urgência, foi atingido nessa greve. Por Robson Pires!



Nenhum comentário:

Postar um comentário