sexta-feira, abril 28, 2017

Homem fura bloqueio de sindicais, atira contra manifestantes e atinge advogado


Um advogado foi baleado na manhã desta sexta-feira (28) próximo à rotatória entre as BRs 406 e 101, que faz a ligação entre as cidades de Ceará-Mirim e Extremoz, na Grande Natal. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que o autor do disparo foi um homem que furou bloqueio montado por entidades sindicais e movimentos sociais. Ninguém foi preso.


6 comentários:

  1. O País está parado e entregue à ação dos bandidos da mais alta periculosidade. Hoje, só para ter-se uma ideia, já são mais de 14 milhões de brasileiros desempregados. Saber por quê? Por causa da ‘’DITADURA TEMER’’.

    ResponderExcluir
  2. REFORMA?
    A reforma trabalhista rebaixa salário e retira direitos dos trabalhadores. E a reforma previdenciária acaba com a aposentadoria e a esperança do povo trabalhador brasileiro.

    ResponderExcluir
  3. O patrimônio do político é o voto. Temer não tem esse bem patrimonial. Por isso, não tem o que perder. Ele chegou à presidência da República por intermédio de um golpe arquitetado contra a presidente Dilma e, consequentemente, contra o povo brasileiro. Ditador não precisa de voto ou de apoio popular. Precisa de chibata.

    ResponderExcluir
  4. E o povo tá chibata, no chicote e na peia. E a tendência é piorar com a concretização das ‘’reformas’’ que virão.

    ResponderExcluir
  5. LAVA JATO.
    Comentário ouvido ainda há pouco no Passaporte Lanches, localizado na Praça Cívica, na vizinhança do Palácio dos Esportes ‘Djalma Maranhão’, informava que um auxiliar do Senador Garibaldi, cujo nome não foi divulgado, havia sido alvo da Operação Lava Jato, na manhã desta sexta-feira (28), com mandado de busca e apreensão de documentos que estavam em poder do referido auxiliar, ligado ao senador do PMDB do Rio Grande do Norte.

    ResponderExcluir
  6. NEGUIM DE MARIA JOSÉ DE PAULO MOURA29 de abril de 2017 13:02

    Acontece que um dia a própria chibata de tanto lapear o lombo dos pobres indefesos de cada dia chega ao fim.

    ResponderExcluir