sexta-feira, abril 07, 2017

Governo está seguro de que aprovará a reforma

A oposição pode ter celebrado prematuramente o “placar” de um jornal paulista com 256 votos contrários à reforma da Previdência. O projeto final só tomará forma após o relator, deputado Arthur Maia (PPS-BA), apresentar o texto final, dia 18. 

O presidente Michel Temer demonstra uma desconcertante tranquilidade em relação ao tema. Para ele, após as mudanças negociadas na Câmara, a reforma será aprovada. Cláudio Humberto!


2 comentários:

  1. Os reflexos negativos e perversos do governo Temer na desvalorização do salário mínimo do trabalhador brasileiro.
    SALÁRIO MÍNIMO
    2015: R$ 788,00
    2016: R$ 880,00 (Diferença de R$ 92,00)
    2017: R$ 937,00 (Diferença: R$ 57,00)
    2018: Projeção de R$ 979,00 (Diferença a maior: R$ 42,00).
    O salário mínimo depois do GOVERNO DILMA está em profunda desvalorização, com o poder de compra (aquisitivo) caindo a cada dia.
    A inflação está lá nas alturas, descontrolada, enquanto o poder aquisitivo do trabalhador está lá embaixo, diminuindo a cada instante.

    ResponderExcluir
  2. Não precisa ser economista para saber que o dinheiro quando chega nas mãos do pobre movimenta a economia. As pequenas cidades estão sofrendo com a crise nos
    comércios , pois o pobre esta cada vez mais pobre e isso reflete diretamente na economia local.

    ResponderExcluir