quinta-feira, abril 13, 2017

Fachin pede novo parecer para Agripino e Garibaldi

















Os senadores Garibaldi Filho e José Agripino Maia foram citados na delação da Odebrecht, mas o Ministro Fachin pediu ao Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, um novo parecer pela citação aos dois parlamentares. Por Renata LoPetre!



13 comentários:

  1. Não se preocupem em limpar a imagem desses excelentíssimos senhores, nem tão pouco dos demais políticos citados nesta lista, pois no próximo ano há eleições e o próprio povo deve banir esse câncer chamado corrupção que ao longo de décadas
    Vem acabando com o país eo nosso estado.fora corruptos!

    ResponderExcluir
  2. Ouvi inúmeras vezes meu avô paterno dizer, entre uma xícara ou outra de café, torrado à moda antiga, sentado num banco de madeira instalado no alpendre da casa dele: ‘’DIGA-ME COM QUEM ANDAS E TE DIREI QUEM ÉS!’’, e minha avó paterna, às vezes, aqui e acolá, resmungava com a voz praticamente inaudível: ‘’QUEM VÊ CARA NÃO VÊ CORAÇÃO!’’.

    ResponderExcluir
  3. Rui Barbosa já dizia que: ‘’Não se deixem enganar pelos cabelos brancos, pois os canalhas também envelhecem.’’

    ResponderExcluir
  4. Rui faleceu há mais de noventa anos, a 1º de março de 1923. Naquela época ninguém puxava o couro da cara e nem pintava os cabelos. Quem era jovem era jovem e quem era velho era velho. Hoje em dia ninguém sabe quem é jovem ou quem velho. O jovem pinta os cabelos pretos na tonalidade branca e o velho estica o couro da cara e pinta os cabelos brancos na tonalidade preta. Aí a cachorrada é uma só.

    ResponderExcluir
  5. Os filhos dos senhores , mesmo sem cabelos brancos , tambem estão no meio da roubalheira, portanto de agora em diante não devemos votar nem nos pais , nem nos filhos e nem tão pouco nos que apoiam esses excelentíssimos
    Corruptos.

    ResponderExcluir
  6. Apesar de essa gente ser ocupante de elevado cargo público da República, ressalvada alguma exceção, não é digna do tratamento e do qualificativo de excelentíssimo.

    ResponderExcluir
  7. Tem velho, careca e vaidoso, que usa peruca para esconder o peso da idade e parecer ser o que não é. Aí é onde reside o perigo.

    ResponderExcluir
  8. O excelentíssimo nesse caso deve sempre ser usado para que estejam em evidência; exc.senadores corruptos, exc.deputados ladrões dos cofres públicos e porque não dizer excelentíssimos bajuladores desses sanguessugas que a décadas despedaçam a nossa nação.

    ResponderExcluir
  9. Quem deveria receber tratamento de ‘EXCELENTÍSSIMO’ seria o povo trabalhador brasileiro que vive na base de sustentação da pirâmide, e não esses políticos corruptos e parasitas que vivem instalados nos gabinetes climatizados do governo, envolvidos em conluio, picaretagem, Lava Jato, o diabo a sete, e roubando a paz, o sossego, o dinheiro da sociedade e até a verba da merenda escolar. Esses desocupados são merecedores do qualificativo ‘LARÁPIO’.

    ResponderExcluir
  10. A manhã, à noite, domingo de Páscoa (16), haverá um jantar especial na Casa do Jaburu oferecido ao relator da reforma da Previdência, Arthur Maia (PPS-BA), ao deputado Carlos Marun (PMDB-MS), e ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).
    O tema principal do jantar é a Previdência. Lava Jato, apesar do elevado número de envolvidos, não faz parte do cardápio.
    E haja chibata de cipó de boi no lombo do pobre trabalhador!

    ResponderExcluir
  11. A culpa por toda essa imundície que assola o país é do excelentíssimo senhor povo brasileiro que vende o voto a cada eleição e elege os larápios. Essa é a verdade.

    ResponderExcluir
  12. Nunca troquei ou vendi meu voto a nenhum fela da puta. De presidente de conselho comunitário, ou de vereador a presidente da República.

    ResponderExcluir
  13. Você não vende seu voto porque quem manda na sua casa e quem vende seu voto é o dono do curral eleitoral. Desculpe o chulismo, mas você de certa forma não manda em porra nenhuma.

    ResponderExcluir