quarta-feira, março 22, 2017

Marcha à ré: Temer deixa servidores estaduais e municipais fora da Reforma da Previdência

















O presidente Michel Temer anunciou na noite desta terça-feira (21/3) que a Reforma da Previdência será restrita aos servidores públicos federais. Em um comunicado com a presença de diversos ministros, incluindo o da Fazenda, Henrique Meirelles, além do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e de deputados integrantes da Comissão Especial, Temer afirmou que as mudanças nas regras da aposentadoria de estados e municípios ficarão a cargo de governadores e prefeitos. “Alguns desses estados já fizeram as mudanças e aqueles que não fizeram poderão fazê-lo, ou não, caso sintam necessidade”, destacou o presidente. Tags: Temer!



2 comentários:

  1. Aqui cabe uma pergunta, talvez sem nexo, mas, certamente, com algum sentido: e os demais segmentos da massa trabalhadora brasileira ficam condenados à mercê da própria sorte? É isso mesmo, ou eu estou errado, hein?
    É inteiramente desconfortável ver alguém morar num castelo cheio de ostentação e de riqueza, e ao seu redor um mundo sem fim de miseráveis, maltrapilhos, desdentados e famintos.
    Com todo respeito, o Senhor Temer está a um trilhão de anos-luz de distância de se tornar um estadista.

    ResponderExcluir
  2. Estadista no Brasil de hoje? Por enquanto, só me vem à memória o gaúcho de Caxias do Sul, ex-senador Pedro Simon (PMDB-RS).

    ResponderExcluir