quinta-feira, dezembro 01, 2016

Galisteu segue rejeitada pela família de Senna




















Quem acompanha o mundinho pantanoso dos famosos sabe que a família de Ayrton Senna detesta Adriane Galisteu, última namorada oficial dele.

Eles nunca deram bola para ela (inclusive a humilharam no enterro do piloto) e ainda consideram a moça oportunista por ter lançado até livro contando o romance que teve com Senna.
A família de Ayrton Senna dispensou pelo menos dois roteiros de filme sobre ele para não ter de dar espaço para Galisteu.

Nesses roteiros, haveria depoimentos de Adriane Galisteu e parte da história seria baseado no tal livro dela, O Caminho das Borboletas, lançado em 1994. As informações são da coluna de Ricardo Feltrin.




2 comentários:

  1. SALÁRIO EXTRA.
    Bate-papo ouvido ainda há pouco na livraria Saraiva do Midway informava que tem vereador de legislativo do interior do Rio Grande do Norte recebendo dinheiro de salário extra em nome de terceira pessoa (laranja). Isso é muito grave. O nome da suposta autoridade municipal envolvida no esquema criminoso foi citado em três ocasiões. Não entendi com perfeição, mas parece tratar-se de nome de nobreza.

    ResponderExcluir
  2. Os desastres da chapecoense e da PEC 241/55 de Temer.

    O IPTU, a Energia da COSERN, a água da CAERN, o Plano de Saúde, a Mensalidade da Faculdade, a Prestação do Apartamento, a Gasolina e a Prestação do Carro da Família, o Feijão, o Açúcar, a Farinha de Mandioca, a Rapadura, o Botijão de Gás, o Caixão de Defunto, e o Escambau estão congelados pela PEC 241/55 de Temer?

    Os desastres da Chapecoense e da PEC 241/55 são só tristezas.

    A aeronave da Chapecoense estava sem combustível, contrariando o plano de voo. Deu no que deu, matando os inocentes, e causando dores, gemidos e irreparáveis perdas às famílias das vítimas do desastre de Medellín. A PEC de Temer... Aí só Deus.

    ResponderExcluir