quinta-feira, novembro 10, 2016

Reforma da Previdência não vai tirar direito adquirido, diz ministro

A proposta de reforma da Previdência em elaboração do governo "não vai tirar nem um centavo de direito adquirido", afirmou o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, em congresso da Fundação Ulysses Guimarães, do PMDB. Ele afirmou ainda que haverá um prazo de transição para o novo regime, que será de 15 anos para homens e 20 anos para mulheres. Confira a matéria completa AQUI


Nenhum comentário:

Postar um comentário