quinta-feira, novembro 03, 2016

Leitor comenta no DL. Muito bem por sinal!

A situação do trabalhador brasileiro está insustentável. A cada dia, cada vez mais se agrava. Os salários estão atrasados, e com eles as contas de luz, água, telefone, prestação da casa própria e do veículo da família, mensalidade escolar, cartão de crédito, cheque especial, plano de saúde, enfim, a vida está em regressão.

Pois bem. O último salário do trabalhador do rádio seridoense foi pago no mês de maio. Mas, como no Congresso Nacional não há crise financeira, os subsídios do senador e do filho dele são pagos todos os meses. Lá, a vida é mansa, ninguém trabalha, vegeta.

Por Nunes! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário