sábado, outubro 29, 2016

Aliados começam a cobrar de Temer

Há cinco meses no poder, o presidente Michel Temer passa a ser mais cobrado. A taxa de desemprego no país chegou a 11,8%, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados ontem.

O Banco Central começou uma redução dos juros. O governo tem tomado medidas para incentivar o emprego, mas a saída da crise econômica será longa.


A prioridade é evitar que turbulências políticas atrapalhem a aprovação de medidas no Congresso que têm objetivo de amenizar ou resolver a crise econômica. Do Blog do Xerife! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário