quarta-feira, setembro 21, 2016

São José de Campestre: moradores reclamam de invasão de animais em cemitério Público














Moradores de São José do Campestre, no Agreste do RN, estão reclamando da invasão de animais no Cemitério Municipal São João Batista.

Imagens registradas por internautas que visitavam o cemitério naquele momento mostram na foto os animais pastando livremente no local.

A População que tem seus entes queridos sepultados naquele local pedem providências a prefeita para que esse absurdo seja coibido e ossadas humanas não sejam desenterrados pelos animais que transitam naquele cemitério, afinal dia 2 de novembro, dia de finados, se aproxima. O Paralelo!





2 comentários:

  1. A presença de alguns jumentos no interior de um cemitério (campo santo) não me traz nenhum inconveniente de ordem pessoal, moral ou religiosa. Até porque, segundo o Padre Antônio Vieira, na sua obra ‘’O Jumento, Nosso Irmão’’, imortalizado na música de Luiz Gonzaga, o jumento é um animal sagrado, que ajudou o homem na construção de cidades, vilas, estradas, açudes, no transporte de pessoas, de produtos agrícolas e industriais, sempre com foco no progresso da terra da gente nordestina.
    É preferível ver uma récua de jumentos perambulando pelos cemitérios que uma corja de vagabundos, de vândalos, de malfeitores a destruir os túmulos dos nossos entes queridos.

    ResponderExcluir
  2. Não dou um jumento em certas qualidades de gente que se veem por aí afora, destruindo o patrimônio público e privado, desviando a merenda escolar, o leite do governo, e fazendo falcatrua em chão de casa.

    ResponderExcluir