domingo, setembro 11, 2016

Morte do radialista Felix Santos faz 23 anos hoje

Hoje, 11 de setembro, completa 23 anos da morte do saudoso radialista Felix Santos, que se vivo fosse estaria com 55 anos de idade. Félix faleceu vitima de um acidente automobilístico ocorrido na noite de 11 de setembro de 1993 na BR 226 entre as cidades de Curras Novos e Acari.

Na época os veículos de comunicação radiofônicos potiguar e principalmente, a Rádio Santa Cruz AM perdeu muito com a morte prematura do grande comunicador Félix Santos, que por muitos anos ocupou o horário nobre e os corações dos seus fãs das rádios do Seridó e Trairi. Durante anos, foi narrador esportivo, repórter, comunicador e diretor da Rádio Santa Cruz AM no final dos anos 80 e começo dos anos 90.

Sua família é considerada de artistas, seu pai Elesbão e seu irmão Losa também já falecidos eram sanfoneiros, seu outro irmão Felipe Felix é locutor de uma emissora de rádio em Currais Novos. Suas raízes familiares são fincadas até os dias atuais nos municípios de São Tomé, Currais Novos e Lajes Pintadas.

A reportagem do ‘DL’, esteve ‘in loco’, na jazida onde foi enterrado o corpo do saudoso Felix no cemitério público Nossa Senhora de Fátima, na cidade de Currais Novos, RN.


Um comentário:

  1. Aprendi pelos corredores sem fim do velho Seminário da Prainha, lá pelos idos de 1964, que não se reza para a alma dos mortos, mas pela alma dos que partiram desta vida.
    Assim, rezemos pela alma do inesquecível comunicador e homem de rádio, Félix Santos, a oração que o Senhor nos ensinou:
    Pai Nosso que estais nos céus,
    santificado seja o vosso Nome,
    venha a nós o vosso Reino,
    seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu.
    O pão nosso de cada dia nos dai hoje,
    perdoai-nos as nossas ofensas
    assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido,
    e não nos deixeis cair em tentação,
    mas livrai-nos do Mal.

    ResponderExcluir